MENU
(75) 3021-3030

Fique por dentro

  • Saiba como reconhecer um negócio afundando e o que fazer para evitar falência

    21 de fevereiro de 2017

    Saiba como reconhecer um negócio afundando e o que fazer para evitar falência

    De acordo com informações divulgadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), seis em cada dez empresas abertas no Brasil são fechadas antes dos cinco anos de funcionamento.

    Segundo Artur Lopes, advogado e consultor de empresas da Artur Lopes e Associados, identificar que sua empresa está passando por um momento de crise é o primeiro passo para tentar solucionar os problemas e evitar uma eventual falência do negócio. “Uma vez que o empresário entende que sua empresa está passando por esse momento é necessário ter firmeza para mudar a situação”, enfatizou.

    Posteriomente, para dar continuidade ao processo de recuperação, é importante que a empresa busque ferramentas e conhecimentos que ainda não estavam disponíveis no momento em que a crise foi instaurada.

    Também é indispensável que o empresário procure por algum tipo de ajuda que lhe propicie uma intervenção rápida e precisa. Esta medida pode ajudar o empreendedor na missão de se reorganizar com mudanças na operação e na estratégia. “Assim, será possível se manter no mercado e voltar a produzir resultados de maneira sustentável”, disse.

    Como identificar?
    Alguns profissionais podem ter dificuldade na hora de entender que seu negócio não está indo tão bem quanto poderia. De acordo com o especialista, todos os empresários precisam acompanhar com vigor os indicadores de seu negócio, evitando perder de vista qualquer deslize que a empresa esteja cometendo em algum dos seus setores de trabalho.

    “Quando esses indicadores se deterioram, algo não vai bem. Entretanto, várias companhias sequer possuem um repertório de indicadores atualizados e, nesse caso, devem guiar-sepor sinais”, afirmou Lopes.

    O especialista acredita que existem alguns pontos específicos que os empreendedores podem observar para saber se a crise está presente em suas empresas. Ele diz que o negócio pode estar afundando quando crise está presente quando acontecem prejuízos sucessivos ou queda acentuada nos lucros, acumulam-se passivos tributários, cresce o endividamento bancário, os fornecedores passam a ser pagos com atraso e os funcionários deixam de receber em dia. “Se qualquer dessas situações ocorrer, há uma crise instaurada”, alertou.

    Fonte: IG

    Fonte: Classe Contábil